Paty no Brasil:
emocionante encontro entre
Ana de la Macorra, Edgar Vivar e Cecília Lemes

No sábado 14 de maio, o Brasil recebeu, pela primeira vez, a apresentação da atriz mexicana da série Chaves, Ana Lílian de la Macorra, intérprete da personagem Paty. No Hotel Meliã, em São Paulo/SP, Ana falou de como foi trabalhar com a mais famosa turma mexicana no Brasil. O painel de perguntas e respostas com os fãs foi conduzido por Edgar Vivar (Sr. Barriga) que recentemente terminou sua turnê pelo país. Também esteve presente no espetáculo a dubladora Cecília Lemes, que fez a voz da Chiquinha e também da Paty em algumas versões. No dia seguinte, 15 de maio, Ana Lílian se apresentou novamente, em Curitiba/PR, mas desta vez sem a dubladora e o colega de elenco.

Logo ao entrar em cena chamada pelo Edgar, Ana fez a mesma brincadeira que marcou uma de suas contracenações com o ator como Nhonho na série. Nela, a Paty olhava para o menino e abria os braços, em que ele entendia como se ela fosse abraçá-lo. Mas a surpresa é quando Paty vai em direção ao seu brinquedo preferido, um urso de pelúcia, que estava logo atrás do filho do Sr. Barriga. Com a mesma brincadeira, Ana desviou do Edgar (com os braços abertos) e foi correndo em direção a um ursinho de pelúcia, com que ficou abraçada durante toda a apresentação.

Fonte ego da Globo (Foto: Manuela Scarpa / Brazil News)

O ponto alto do show aconteceu quando Cecilia Lemes uma de suas dubladoras apareceu. Ana Lílian e Cecília Lemes interpretaram ao vivo a doce e meiga menina Paty, também conhecida como “a namorada do Chaves”. Uma das cenas foi a resposta à pergunta “Quais são as quatro operações fundamentais?” que na série foi feita pelo Professor Girafales e, ao vivo, foi dita pelo Edgar Vivar. A resposta da Paty teve, ao vivo para os fãs, a interpretação da Ana e a voz da Cecília, que responderam: “As quatro operações fundamentais são a operação das amígdalas, apêndice, menisco e pedras nos rins.”

Sem título

 (Foto: Fã Clube Chaves e sua Turma)

Ana Lílian de la Macorra não exerce mais a dramaturgia. Segundo ela, a personagem Paty foi a única que interpretou, a pedido de Roberto Goméz Bolaños. Ana era assistente de produção do Programa Chespirito quando recebeu o convite do criador de Chaves para gravar apenas três episódios. Ela acabou levando o trabalho a mais gravações, mas em pouco tempo resolveu parar e se dedicar à sua vida particular e família. Atualmente, mestre em psicologia e literatura, trabalha em um consultório e se dedica também à escrita. Seu segundo livro de poesias foi lançado recentemente, “Hondos los Suspiros”. Trazido para o Brasil com uma dedicatória  ao presidente do Fã Clube Chaves e Sua Turma, o livro foi um presente que Ana entregou em mãos ao Junior Achiles, logo após o espetáculo

Livro Ana Lílian a Junior

 (Foto: Fã Clube Chaves e sua Turma)

Em troca, nós, do Fã Clube Chaves e Sua Turma, a presenteamos com uma camisa e algumas lembranças do Brasil, como a arte da Paty feita pelo artista Will Rios.

Sem título

13220010_1150835058302160_1437750777_n

 (Foto: Fã Clube Chaves e sua Turma)

Ao final da apresentação, a ex-atriz recitou um poema que escreveu dedicado aos fãs brasileiros presentes. Apesar de não saber o idioma brasileiro, a carta foi traduzida pela assessoria, mas foi lida pela própria Ana Lílian, que fez questão de arriscar o português, em respeito e carinho aos fãs. Confira, abaixo, o texto na íntegra:

 “Queridos amigos, me sinto muito alegre de estar aqui neste país bonito e cheio de amor.
Obrigada por compartilhar comigo esta alegria e essa energia tão plena que cada um de nós vamos criando pela vida. Abro meu coração para que sigamos desfrutando o ser que somos. Vou sentir muita saudade de todos vocês. Muito obrigada!  (Ana de la Macorra, em 14 de maio de 2016, no Hotel Meliã Paulista, em São Paulo/SP)

 Kary Subieta
Jornalista e Assessora de Imprensa do Fã Clube Chaves e Sua Turma
E-mail: imprensa@chavesesuaturma.com.br

You May Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *